Fotos: Ricardo Hara

 

ARTES VISUAIS

O núcleo de artes visuais integra ações em diversos âmbitos, que compreendem o tratamento museológico da coleção – catalogação, classificação, restauro, armazenamento e circulação –, avaliações de mercado e estudos das obras ou de artistas, além da elaboração de projetos de divulgação e de circulação das obras por meio de exposições, publicações e empréstimos.

A reserva técnica de artes visuais da Coleção Santander Brasil é um  espaço de guarda e tratamento de acervo qualificado de acordo com padrões internacionais de conservação, com mobiliário e equipamentos especiais.

As iniciativas de difusão, voltadas para o público interno ou externo, têm o objetivo de compartilhar a coleção com a sociedade, pois acreditamos que é na interação com as pessoas que se forma e se ativa o significado da arte

Veja nossas iniciativas:

  •  

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

  •  

     

    Foto: Ricardo Hara

    Composto majoritariamente por pinturas e gravuras – e, em menor número, desenhos, fotografias e outros suportes –  de artistas brasileiros e estrangeiros residentes no Brasil, produzidas a partir da década de 1940 até os dias atuais. Destacam-se obras do modernismo, do construtivismo e da abstração informal, além de trabalhos de artistas contemporâneos. O acervo também compreende diferentes manifestações culturais, incluindo a arte popular e a cartografia do século XVII ao XIX.

    Um traço característico do processo de formação da coleção, comum a outras coleções corporativas constituídas no Brasil e no mundo, é que, ao longo do tempo, foram incorporadas obras recém produzidas, ou seja, que refletiam a arte daquele momento, fomentando assim o trabalho dos artistas em atividade. Essa abordagem faz da Coleção Santander Brasil uma coleção contemporânea a seu tempo, tanto ontem como hoje.

    Atendimento a pesquisadores, curadores e interessados
    Entre em contato: acervo.cultural@santander.com.br 

  •  

     

    Foto: Tuca Reinés.
    Obra: Janaina Tschäpe, B Flat, 2007 - Coleção Santander Brasil

    Da convicção da importância da arte na vida de todos nós como fonte de inspiração e transformação nasceu o programa Convivendo com Arte, que leva a coleção ao ambiente de trabalho dos colaboradores Santander. Desde o início de 2010, mais de 330 obras foram instaladas nos vários andares do edifício-sede do Santander Brasil, em São Paulo, distribuídas segundo temas com o intuito de orientar o olhar e abrir múltiplas possibilidades de leitura.

    Recebemos vários depoimentos de funcionários, comentando que o convívio com a arte  lhes trouxe a sensação de acolhimento, familiaridade com o ambiente de trabalho e a possibilidade de despertar o olhar e a criatividade. Outros ainda manifestaram seu orgulho de pertencer a uma organização que preserva a sua memória e o patrimônio brasileiro.
     

  • Foto: Renan Leandrini
    Obra: Ana Elisa Egreja, Vermelho (um desvio), 2012 - Coleção Santander Brasil

    As exposições da Sala de Arte Santander apresentam a produção artística brasileira que vem se destacando em exposições no país e no exterior, numa abordagem atraente e de simples compreensão. O contato com trabalhos em múltiplos meios de expressão – pinturas, fotografias, objetos, desenhos, vídeos e instalações – procura colocar o público em sintonia com a produção e o mercado de arte nacionais.

    A iniciativa, idealizada com o objetivo tornar a arte contemporânea mais acessível, é também uma forma de incentivo a novos artistas, fomentando o talento e a criatividade. As exposições temporárias vêm sendo também um estímulo para a ampliação da Coleção Santander, por meio da aquisição de alguns dos trabalhos exibidos. 

    Sala de Arte Santander
    Av. Juscelino Kubitschek, 2235,  térreo – Vila Olímpia – São Paulo
    Horário de visitação: Segunda a sexta das 8h às 19h
    acervo.cultural@santander.com.br

     

    Confira a programação.


  • Foto: Ricardo Hara
    Detalhe da obra: Aldo Bonadei, Sem título, 1969 - Coleção Santander Brasil

    Narrativas Poéticas – Coleção Santander Brasil

    Levar a arte brasileira a um público amplo e oferecer múltiplas possibilidades de leitura para as obras da Coleção Santander Brasil, de uma maneira convidativa e acessível. Esses foram os objetivos que nos guiaram na realização da exposição Narrativas Poéticas, com curadoria de Helena Severo, Antonio Cícero, Eucanaâ Ferraz e Franklin Pedroso, que propõe um instigante diálogo entre a produção das artes plásticas e a poesia brasileiras.

    Entre as cerca de 80 obras que fizeram parte da exposição destacaram-se pinturas, gravuras e desenhos de expoentes do modernismo brasileiro, como Candido Portinari, Emiliano Di Cavalcanti, Alfredo Volpi, Iberê Camargo e Tomie Ohtake, e também trabalhos recentes, de artistas como Tuca Reinés, Fernanda Rappa e Renata de Bonis.

    A exposição recebeu mais de 270.000 visitantes, desde 2013 até 2015, nas capitais brasileiras por quais passou:

    Rio de Janeiro (RJ) - Museu Nacional de Belas Artes - de 04/09 a 01/11/2015

    João Pessoa (PB) – Fundação Espaço Cultural da Paraíba - de 17/06 a 16/08/2015

    Salvador (BA) - Palacete das Artes - de 18/03 a 31/05/2015

    Fortaleza (CE) - Espaço Cultural Unifor - de 29/10/2014 a 11/01/2015

    Recife (PE) - Museu do Estado de Pernambuco - de 27/08 a 12/10/2014

    São Paulo (SP) - Museu da Língua Portuguesa - 24/03 a 10/08/2014

    Belo Horizonte (MG) - Museu Inimá de Paula - de 23/10 a 26/01/2014

    Brasília (DF) - Museu Nacional da República - de 14/08 a 29/09/2013

    Porto Alegre (RS) - Santander Cultural - de 22/05 a 14/07/2013