Gestão ambiental

PERFIL

Nos últimos dois anos, trabalhamos para construir um banco que reunisse as melhores práticas do Santander e do Real. Agora, vamos em busca de novas conquistas no mercado brasileiro

leia mais »

DOWNLOADS

PDFs dos documentos PDFs dos documentos
Home » Gestão ambiental » Por dentro da Torre
Aumentar fonte Diminuir fonte

Por dentro da Torre

A SEDE ADMINISTRATIvA DO SANTANDER CONTA COM DIvERSOS RECURSOS E INICIATIvAS QUE CONTRIBUEM PARA A PRESERvAçãO DO MEIO AMBIENTE, PARA O BEM-ESTAR DE SEUS FUNCIONáRIOS E vISITANTES E PARA MELHORIAS NA SOCIEDADE E NO BAIRRO

* Clique nos textos do mapa para ampliar

  • 130.620,25 m² de área construída;
  • 28 andares, térreo, dois mezaninos e seis subsolos;
  • 2.586 vagas de estacionamento, sendo que parte é destinada para o Projeto "Carona Amiga", que incentiva os funcionários a partilhar o veículo com os colegas de trabalho;
  • bicicletário, sala de alongamento e vestiários com xampu, sabão e toalha;
  • 6,5 mil funcionários e prestadores de serviços;
  • quatro restaurantes que atendem mais de 46 mil refeições (almoços) mensalmente;
  • uma lanchonete e mais de 50 máquinas de vendas de alimentos nos andares;
  • academia com 787 m² e 1.513 alunos matriculados em dezembro de 2010;
  • centro médico com especialistas em clínica geral, ortopedia, ginecologia, cardiologia, oftalmologia e nutrição;
  • 13.367 atendimentos médicos em 2010;
  • 121 mães utilizaram o lactário por mês em 2010;
  • consultório odontológico;
  • centro de convenções com 206 salas de reuniões, três salas de telepresença, 24 salas de videoconferência e um Auditório com 253 lugares;
  • lounges com disponibilização de máquinas de bebidas quentes, snacks, purificadores de água, cestas de lanches, jornal, revista e Tv com programação interna em todos os andares;
  • centro de conveniência com agência de viagem, lavanderia, costureira, sapataria, locadora, concierge, salão de beleza, revistaria, livraria, biblioteca e três lojas rotativas;
  • centro de exposição aberto ao público no térreo.

Captação de água da chuva

A água da chuva é captada e utilizada nas regas de canteiros e nos vasos sanitários. Hidrômetros estão sendo instalados para medir a economia feita com essa ação. Os vasos sanitários têm descarga a vácuo, o que permite reduzir o consumo em pelo menos 70%, em comparação com o sistema mais comum de descarga acoplada. EN9 E EN10

Iluminação inteligente

Um sistema automático de ligamento e desligamento de luzes permite a economia de energia nos horários em que o fluxo de funcionários é menor. Sensores inteligentes acionam a iluminação caso detectem a presença de pessoas. EN7

Elevador: eficiência energética

Toda iluminação interna dos elevadores foi substituída por lâmpadas de LED (feitas com semicondutores que duram mais e consomem menos energia), o que gerou uma economia de 70% em relação às lâmpadas fluorescentes convencionais. Uma abertura na parte inferior gera ventilação natural. EN5 E EN7

Uso de fretados

Quarenta e um fretados levam e trazem aproximadamente mil funcionários de pontos estratégicos da cidade, como estações de metrô, e cumprem trajetos entre os prédios administrativos do banco. Cada ônibus substitui 40 carros particulares. O Santander também oferece vans para um shopping center e para demais centros administrativos. EN18 E EN29

Impressão descentralizada

O uso das impressoras da Torre é gerenciado por uma empresa fornecedora, responsável pela manutenção e controle desses equipamentos. O sistema exige identificação do usuário via crachá, o que inibe impressões desnecessárias e permitiu uma economia de cartuchos. EN1

Economia de papel

As impressoras têm como padrão, além do gerenciamento de impressão segura, imprimir duas páginas por folha. Esta medida gera reduções no uso de papel, energia e na geração de resíduos. EN1

Destinação de resíduos

Cerca de 51% do lixo gerado nas dependências da Torre é composto de material orgânico dos quatro restaurantes. Para 2011, está sendo desenvolvido um programa de compostagem, processo biológico que transforma o resto de comida em adubo. O resíduo não orgânico é destinado à reciclagem por meio de cooperativas e associações. EN22

Escalonamento de horários

Funcionários têm horários diferenciados de trabalho, com entrada entre 7h e 10h e saída entre 16h e 19h. O fluxo diluído de pessoas contribui para aliviar o trânsito local, melhorar o acesso à Torre e às ruas da região e aumentar a qualidade de vida dos funcionários.

De bicicleta é melhor

Um bicicletário instalado na garagem da Torre oferece 50 vagas para quem utiliza esse meio de transporte. Os ciclistas que trabalham no Santander contam com vestiários com toalhas e produtos de higiene descartáveis. EN18

Rio Pinheiros

O Santander é mantenedor da Associação águas Claras do Rio Pinheiros, que visa à recuperação do rio. O banco participa do Conselho Fiscal e da Diretoria de Comunicação Institucional da ONG, oferecendo também a assessoria de imprensa da instituição.

Parque do Povo

Encontra-se em frente à Torre. O Santander participa da criação de uma Oscip (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) para cuidar do parque e contribui para a segurança dos seus usuários com uma viatura particular fazendo rondas periódicas no local.

Estrutura do Relatório