Atualizado em 24-05-2024

por Equipe Santander

c. concepts / client-service/Bank and Counter/simple credit Copy 11

Acessibilidade

c. concepts / client-service/Bank and Counter/simple credit Copy 12
Aumentar espessura do texto A+
Aumento de espessura do texto Aa
Preto e amarelo - tema para daltônicos (WCAG 16:44:1)
Preto e branco - tema para daltônicos (WCAG 21:1)
c. concepts / client-service/Bank and Counter/simple credit Copy 11

Modo escuro

0:00

 / 

0:00
A imagem mostra a ilustração de um homem segurando um celular e um ícone de cadeado próximo ao objeto. Ao lado, a frase 'Reforce sua segurança'.

Quanto mais avançamos em tecnologia, mais precisamos falar sobre segurança – principalmente financeira. Em um mundo tão conectado, é fundamental reforçar a proteção dos nossos dados, bens e patrimônio com sistemas, protocolos e estratégias mais eficientes.

Com toda essa evolução digital, nos deparamos com uma onda de ataques cibernéticos que se tornaram ameaças constantes à segurança e integridade das pessoas, que podem ter informações sensíveis expostas rapidamente. Além disso, o iminente risco de roubo ou furto de celular torna esse tema ainda mais urgente.

Por isso, reunimos 10 dicas de segurança para você reforçar não apenas o cuidado com o celular, mas em outras situações que precisar lidar com dinheiro, dados e informações sensíveis. Vamos lá?

1. Fique atento a contatos suspeitos

O banco Santander nunca entra em contato ou envia mensagem solicitando senhas, códigos de validação do ID Santander ou do cartão.

Também nunca pedimos que seja feita uma transação para cancelar uma compra ou Pix que você não reconheça. Portanto, se receber algum contato assim, fique esperto: é golpe!

2. Desconfie de links estranhos

Já recebeu ou ouviu falar daquele e-mail, SMS ou WhatsApp com link suspeito solicitando dados sigilosos ou com uma promoção milagrosa?

É bom pensar bem antes de clicar, porque pode ser uma isca para coletar seus dados ou infectar seu computador e celular.

3. Use o cartão online nas compras virtuais

Uma boa dica de segurança é usar o Cartão Online nas suas compras virtuais ao invés da versão física. Ele garante mais segurança e praticidade para compras em sites e aplicativos, pois seu código de segurança é alterado frequentemente.

É só acessar os aplicativos Santander ou Way para gerar o seu gratuitamente.

4. Fique ligado nos golpes com cartões

Ao pagar uma compra, sempre confira o valor antes de digitar a senha ou aproximar o cartão. Evite entregá-lo para terceiros, e, se for mesmo necessário, confira se o cartão devolvido é o seu.

Desconfie de qualquer cobrança de taxas extras ao receber uma entrega e lembre-se: o banco nunca envia ninguém para retirar seu cartão.

5. Use senhas fortes, sempre!

Nada de usar seu próprio nome ou data de nascimento! Use sempre senhas fortes, com letras, números e caracteres especiais (#, &, *, @, !, $).

Procure também criar senhas diferentes para cada tipo de cadastro, diferenciando as senhas bancárias das usadas nas redes sociais.

Além disso, nunca anote no bloco de notas do celular, em navegadores web e nem as compartilhe com ninguém.

6. Reforce a segurança nas redes sociais

Não é só a senha que precisa de cuidado: nas redes sociais, use as políticas de privacidade no seu perfil social, decidindo o que pode ser visto.

Assim, você evita a exposição de dados pessoais. Recomendamos também ativar a autenticação em duas etapas em todas as suas redes.

7. Invista em segurança no WhatsApp

Aplicativo de conversas mais usado no Brasil, o WhatsApp é uma ferramenta que até permite envio de valores. Sendo tão importante para seus usuários, muitas informações sensíveis podem ficar expostas se ele não estiver bem protegido.

Por isso, recomendamos que você ative a confirmação em duas etapas, que é uma camada adicional de segurança em que você vai criar uma senha que será solicitada caso alguém tente instalar o app em outro dispositivo.

Desconfie de solicitações pedindo dinheiro. Sempre confirme a veracidade antes de realizar um Pix, transferência ou pagamento.

8. Garanta que seus dispositivos estejam seguros

Tenha um antivírus instalado em todos os seus dispositivos e ative as atualizações automáticas.

E para baixar aplicativos, nada de sites e links duvidosos: baixe apenas nas lojas oficiais do Android (Google Store) e Apple (App Store).

Não use redes de Wi-Fi públicas para fazer transações bancárias. Deixe para realizá-las em casa ou em ambientes confiáveis e seguros.

9. Confirme os dados antes de pagar

É muito importante confirmar sempre se o valor e o beneficiário estão corretos antes de confirmar o pagamento de boletos, fazer transferências ou Pix.

10. Segurança nos caixas eletrônicos

Historicamente, os caixas eletrônicos são alvos de criminosos. Por isso, redobre a atenção e tome cuidado - desconfie sempre que tiver alguém oferecendo ajuda. Nunca aceite auxílio algum de estranhos.

Quer mais dicas e informações sobre segurança digital?

Imagine ter acesso a cursos, oficinas, e palestras gratuitas de educação financeira e segurança digital... Isso é possível durante a Semana Nacional de Educação Financeira, também conhecida como Semana ENEF.

Todos os anos, o evento acontece com um tema guia para oferecer aos participantes conteúdo rico e promover educação financeira. Em 2024, o tema que orientou as atividades foi "Proteção Financeira e Solidariedade aos Irmãos do Rio Grande do Sul".

A proposta foi abordar maneiras de prevenção contra golpes e reconhecer a necessidade de reconstrução do estado gaúcho - que receberá uma edição extraordinária no segundo semestre.

Para aproveitar os conteúdos da Semana ENEF, acesse o site oficial da SENEF e acompanhe a agenda de iniciativas disponibilizadas por pessoas especializadas no tema, empresas e instituições financeiras que estão envolvidas no evento.

Saiba quais serão as iniciativas do banco Santander na Semana ENEF 2024

Este ano, o Santander integrou a Semana ENEF com o Workshop do Prospera, conteúdo exclusivo sobre segurança financeira para pequenos e grandes empresários. Na ocasião, foi ministrado o tema "Como se proteger de golpes financeiros", destacando diferentes tipos de fraudes financeiras e maneiras de evitá-las.

E para quem é empreendedor em uma micro, pequena ou grande empresa, o Programa Avançar oferece ainda cursos online gratuitos como "Fraudes: Como prevenir você e seu negócio", "Gestão Responsável do seu Negócio" e LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), que vão apoiar o empresário a lidar com os desafios do empreendedorismo e principalmente se proteger de diferentes ameaças.

Quer saber mais?

Conheça o programa

Avalie esse artigo