Atualizado em 29-08-2023

por Equipe Santander

c. concepts / client-service/Bank and Counter/simple credit Copy 11

Acessibilidade

c. concepts / client-service/Bank and Counter/simple credit Copy 12
Aumento de espessura do texto Aa
Preto e amarelo - tema para daltônicos (WCAG 16:44:1)
Preto e branco - tema para daltônicos (WCAG 21:1)
c. concepts / client-service/Bank and Counter/simple credit Copy 11

Modo escuro

0:00

 / 

0:00

O FGTS é um benefício que possui múltiplas funções para ajudar os colaboradores, seja no momento de demissão por justa causa, quanto no momento de comprar um imóvel próprio ou até mesmo um empréstimo, como a opção de saque aniversário.

Mas, para que seja possível a realização do saque, existem alguns pontos de atenção para que possa de fato retirar o dinheiro e começar a utilizar. Entre eles, está a solicitação da chave do FGTS.

Não sabe do que estamos falando? Então siga com a leitura que explicaremos para você do que se trata essa chave do FGTS e como você pode dar seguimento com o seu saque.

Boa leitura!

O que é a chave FGTS?

De forma simples, a chave do FGTS é um código enviado para o colaborador que serve como um identificador para acessar às informações do benefício.

Sua composição consiste em 23 caracteres, mesclados entre números e letras e é gerado pela Caixa Econômica Federal após o trabalhador ou a empresa solicitar através do canal eletrônico Conectividade Social ICP. Na maioria dos casos, a empresa que realiza a solicitação.

Mas, ela não é liberada somente em casos de demissões sem justa causa. É válida para qualquer tipo de desligamento que autorizem o resgate do FGTS, como aposentadoria ou acordos de demissões.

Para casos de compra de imóvel, não é necessário a geração da chave.

Como a chave é gerada?

Como explicado anteriormente, após o desligamento do trabalhador, em que seja autorizado o resgate do benefício, a empresa deve notificar a Caixa e solicitar a chave através do site Conectividade Social ICP.

Após isso, o empregador enviará a informação ao colaborador, que pode seguir com o saque do valor disponível em conta. Para o saque, será preciso a apresentação de alguns documentos, como:

• Documento original com foto;
• CTPS (Carteira de Trabalho e Previdência Social);
• CPF (Cadastro de Pessoa Física);
• Cartão cidadão;
• TRCT (Termo de Rescisão de Contrato de Trabalho).

Em quanto tempo a empresa pode disponibilizar a chave do FGTS?

A partir do momento em que for comunicado à Caixa a rescisão de contrato do trabalhador, a empresa terá até 10 dias para informar a Chave do FGTS, para que seja possível o acesso aos valores.

Nos casos em que a empresa ultrapasse o prazo, haverá consequências para ela, mesmo que o pagamento da rescisão já tenha sido realizado. O valor da multa é correspondente a um mês de remuneração do trabalhador.

Mas, para isso, será necessário que o colaborador entre em contato com a empresa para entender o que motivou o atraso. Caso não tenha uma resposta, o colaborador poderá acionar a justiça para que o valor da multa seja pago.

Como sacar o FGTS com a chave?

Com a chave em mãos, o colaborador receberá o valor do seu FGTS em sua conta na Caixa Econômica Federal ou em outra instituição que tenha a titularidade dele de forma automática.

Porém, existe a possibilidade de movimentar o dinheiro através do aplicativo do FGTS para transferências ou qualquer outra transação. Para isso, basta fazer os seguintes passos:

1. Acesse o aplicativo do FGTS com seu CPF e senha;
2. Se o valor estiver disponível, na tela inicial você encontrará a opção “Você possui valores liberados para saque”;
3. Clique nessa opção e informe como você quer receber o valor disponível;
4. Informe se deseja cadastrar uma nova conta corrente ou se quer optar pelo saque presencial em um dos canais de atendimentos.
5. Pronto, os valores serão depositados de acordo com a sua escolha e estarão disponíveis em até 5 dias úteis.

Para os outros casos, que não seja demissão sem justa causa, a solicitação pode ser feita pelo site da Caixa ou em uma agência presencial. Nos casos de saque presencial, será preciso a apresentação dos documentos solicitados.

Mas, se você não possui dinheiro e deseja utilizar os valores do seu FGTS, conheça a opção de empréstimo do Saque-Aniversário Santander, uma opção de dinheiro extra sem comprometer a sua renda.

Antecipe seu FGTS

Fonte: Caixa

Avalie esse artigo