Atualizado em 24-01-2024

por Equipe Santander

c. concepts / client-service/Bank and Counter/simple credit Copy 11

Acessibilidade

c. concepts / client-service/Bank and Counter/simple credit Copy 12
Aumentar espessura do texto A+
Aumento de espessura do texto Aa
Preto e amarelo - tema para daltônicos (WCAG 16:44:1)
Preto e branco - tema para daltônicos (WCAG 21:1)
c. concepts / client-service/Bank and Counter/simple credit Copy 11

Modo escuro

0:00

 / 

0:00

Há ainda uma dúvida muito comum entre aqueles que desejam proteger o seu patrimônio ou protegerem a si mesmo, que é: devo contratar um seguro ou uma assistência?

Por essa razão, vamos entender exatamente as características de cada uma dessas modalidades e como elas funcionam. Desse modo, ficará mais fácil para você fazer a escolha que melhor resolve as necessidades da sua vida, do seu dia a dia e de tudo aquilo que você considera importante.

O que é um seguro?

A definição de um seguro é bem simples: é um contrato entre duas partes, em que mediante pagamento, uma delas se responsabilizará arcar com uma indenização em caso de hipóteses previstos em contrato. Resumidamente, se um dos riscos listados no contrato acontecer com a pessoa ou o bem coberto(a) pelo seguro, a seguradora será acionada e se responsabilizará por pagar a indenização acordada com o cliente segurado.

Atenção para o “mediante pagamento”. Na hora de contratação de um seguro, será necessário pagar o valor acordado e é só após esse pagamento que o contrato entrará em vigor. Essa quantia, no mercado de seguros, é conhecida como “prêmio”. Ah, e não se esqueça de se atentar a carência que algumas de suas coberturas possa ter.

Vamos pensar em um exemplo? Se você fizer um seguro veicular e pagar o prêmio corretamente, o seu carro estará assegurado. Digamos que, em um imprevisto, seu carro seja roubado, por exemplo. Você pode acionar o seguro de seu automóvel, assim a seguradora pagará a indenização para que você possa comprar um novo carro. Mas preste atenção na franquia, a contrapartida do segurado. Pois é, todo seguro cobra uma franquia, uma participação financeira que deve ser paga pelo segurado em caso de sinistro.

E aqui merece outro ponto de atenção: todo seguro especifica em contrato quais são as coberturas e quais os riscos que estarão cobertos. Ou seja, se alguma situação/sinistro não estiver no contrato, a seguradora poderá não pagar a indenização. No exemplo citado, a situação/sinistro em questão a ser coberto seria de “roubo”.

O seguro, em geral, é feito sobre algo ou alguém. A vida de uma pessoa, um veículo, um apartamento, uma empresa, uma viagem... O contrato estará atrelado ao CPF do contratante, com os dados de eventuais beneficiários e/ou do objeto que for assegurado, como o documento do carro, por exemplo.

Concluímos que o seguro é uma ferramenta fundamental para a vida e o patrimônio das pessoas. Aliás o contrato de seguro é uma forma de compartilhamento de riscos entre clientes e seguradoras. É uma solução que busca amenizar os riscos e diminuir prejuízos.

Contratar Seguro

O que é cobertura de um seguro?

A cobertura são as hipóteses que o seguro se responsabilizará em pagar a indenização ao segurado, enquanto sinistro é o súbito acontecimento dessa situação. Aliás, ao contratar um seguro, certifique-se que esteja muito bem especificado em contrato o que está coberto ou não. Isso é fundamental.

Novamente, a melhor forma de entender é com um exemplo. Vamos pensar em uma situação hipotética em que você contrate um seguro para o seu apartamento. Na contratação, você terá citado em seu contrato que seu seguro possui coberturas contra incêndios, vendavais e enchentes.

 Se um incêndio, vendaval ou uma enchente causarem prejuízos ao seu imóvel, a seguradora terá que te ressarcir com os valores que estavam previamente previstos em contrato para cada uma de suas coberturas. Lembrando mais uma vez que você também terá que pagar a franquia, a sua contrapartida para que o bem seja indenizado por completo.

Novamente, é essencial verificar todas as coberturas e valores que estão sendo oferecidas no seguro que você está contratando.

O que é uma assistência?

A assistência são um grupo de serviços que podem ser prestados ao cliente por acionamento, após contratá-los de forma direta ou indiretamente. Ficou com dúvida? Não se preocupa que vamos explicar.

O cliente pode contratar um grupo de assistências de forma indireta quando, por exemplo possui elas inclusas dentro do contrato de seu seguro. A melhor forma de explicar é pensar que você fez um contrato de seguro para o seu carro, com coberturas que cobrem sinistros como batidas e roubos, e possua assistências para situações emergenciais. Digamos que o seu carro tenha tido um problema mecânico e você não consegue ligá-lo, neste caso você não possui uma cobertura contra falhas mecânicas, porém poderá solicitar o serviço de um guincho, de um reboque ou de um mecânico se estiverem contidos em sua assistência para emergências.

Os serviços de assistência vão além e podem abranger trabalhos de diversos tipos, podem te apoiar a cuidar de sua casa, carro e moto, seu pet e até acessórios eletrônicos. Ou seja, se você tem uma assistência contratada para a sua casa e o chuveiro apresentou problemas, você poderá receber um encanador ou eletricista para resolver o imprevisto. Todos esses serviços são considerados assistências.

Há também a possibilidade de contratar de forma direta exclusivamente um serviço de assistência. Aqui no Santander, temos o helpS, que tem a característica de não estar atrelado a um seguro e nem mesmo a um bem especifico seu. O que isso quer dizer? Se você estiver em uma casa que não é sua e algo acontecer com o imóvel, você ainda pode entrar em contato e acionar o serviço de assistência para que o problema seja solucionado, 24 horas por dia.

Esse é, sem dúvidas, um dos principais diferenciais do helpS: a flexibilidade. Pois é, os benefícios da assistência 24 horas podem ser utilizados em bens de terceiros, como uma casa alugada para veraneio, o cãozinho de um parente, o carro do motorista de aplicativo, em caso de pane durante o trajeto ou até mesmo a residência de um amigo ou familiar.

Contratar helpS

Qual a diferença entre seguro e assistência?

Após entender as principais particularidades dos serviços de seguro e de assistência, é possível perceber qual a grande diferença entre os dois. Enquanto a cobertura do seguro se limita a indenizar o segurado ou demais beneficiários por conta de algum prejuízo, a assistência consiste apenas na prestação de determinados serviços.

Ou seja, caso o seu chuveiro elétrico queime e você use a assistência do seguro para chamar o eletricista, isso não envolve nenhum tipo de ressarcimento financeiro para o contratante.

 

Quais os tipos de seguros que o Santander distribui?

Cada instituição financeira ou seguradora oferece diferentes tipos de seguros, com as mais diversas coberturas. Aqui no Santander, nós distribuímos 9 seguros:

Seguro transações

Seguro casa

Seguro de vida

Cartão protegido

Seguro-viagem

Auto Compara

Seguro Acidentes Pessoais

Odonto Santander

Quais os tipos de planos do helps?

• helpS Auto & helpS Auto+
Manutenção, reparo e até guincho para qualquer carro no qual você esteja, inclusive se estiver de carona!

• helpS Casa & helpS Casa+Pet
Serviços de reparos e manutenção, como: chaveiro, eletricista, encanador e muito mais.

• helpS Pet & helpS Pet+
Limpeza de tártaro, envio de ração, consultas veterinárias não emergenciais e mais serviços para facilitar a sua vida e a do seu bichinho.

• helpS Bike & helpS Bike+
Suporte como: reparos, troca de pneus e ajustes de freios, para você pedalar tranquilo por aí.

• helpS Tech & helpS Tech+Gamer
Suporte remoto para seu dia a dia, sua casa, seu game e sua conveniência.

 

O Santander helpS é garantido por SANTANDER CORRETORA DE SEGUROS, INVESTIMENTOS E SERVIÇOS S.A – CNPJ 04.270.778/0001-71. Os canais da ouvidoria e o manual de assistências estão disponíveis no site www.santander.com.br.

 

 

Avalie esse artigo