Atualizado em Wed Jun 08 12:05:14 GMT-03:00 2022

por Equipe Santander

Popular nos Estados Unidos e em alguns países da Europa, o Empréstimo com Garantia de Imóvel é uma linha de crédito que tem como principal característica o uso de um imóvel como garantia.

Aqui no Brasil ele ainda não é muito conhecido, mas isso não significa que essa não seja uma boa opção de crédito, muito pelo contrário, essa modalidade pode ser bem vantajosa dependendo do seu objetivo.

E para te ajudar a entender melhor como ele funciona, descobrir quais são seus benefícios e tirar suas dúvidas, preparamos um conteúdo especial sobre esse tipo de empréstimo.

Como funciona?

O Empréstimo com Garantia de Imóvel ou Home Equity (termo em inglês para essa modalidade), permite que você tire os planos do papel usando o que já tem em mãos.

Funciona assim, vamos supor que você tenha uma casa e deseja usar esse imóvel para adquirir crédito em uma instituição financeira. Solicitando um empréstimo nessa modalidade, você oferece seu imóvel (residencial ou comercial) na instituição como garantia e a ela cede o crédito que você precisa.

Enquanto você paga as parcelas do empréstimo, a instituição tem o seu bem como garantia de pagamento. Após quitar o valor, você passa a ter seu bem de volta.

Lembrando que em nenhum momento da contratação o imóvel será retirado do seu nome, ou seja, ele não será da instituição financeira. Ela apenas atuará como coproprietária por tempo determinado.

Dessa forma, você continua utilizando o imóvel normalmente, mantendo a posse direta da propriedade enquanto paga o empréstimo.

Vantagens do Empréstimo com Garantia de Imóvel:

Taxas mais baixas

A principal vantagem desse tipo de empréstimo são suas taxas, que tendem a ser bem menores que a de outros modelos de crédito.

Isso acontece, pois o pagamento desse tipo de empréstimo costuma ter um prazo maior que os demais créditos do mercado. Com isso, os riscos de inadimplência são bem mais baixos, permitindo que as instituições financeiras ofereçam juros mais vantajosos.

Longo prazo

Como citamos acima, o prazo de pagamento é um diferencial importante desse tipo de empréstimo, pois o período de quitação do débito é bem mais amplo que nos demais empréstimos. Em outras modalidades como o empréstimo pessoal, por exemplo, o prazo de pagamento é por volta dos 10 anos.

Já no Empréstimo com Garantia de Imóvel (Home Equity), é possível quitar a dívida em até 20 anos. Aqui no Santander, por exemplo, ele se chama Usecasa e você tem crédito a partir de R$ 30mil, com parcelas fixas e sem correção. Assim, você não compromete seu orçamento e paga o débito com mais tranquilidade.

Crédito para você utilizar como quiser

Seja para reformar a casa, abrir um negócio, viajar, casar, investir em estudos ou até trocar empréstimos mais caros para quitar as suas dívidas. Com o Empréstimo com Garantia de Imóvel, você consegue organizar a vida financeira ou concretizar um sonho, sem a necessidade de explicar para qual situação o dinheiro será destinado.

O imóvel passa apenas por uma vistoria para avaliar condições como: metragem, infraestrutura, sistema elétrico, hidráulico, entre outros fatores. Após a análise, você deve registrar seu contrato em cartório e encaminhar para a instituição que escolheu para ter o crédito liberado.

Lembre-se: antes de fazer a contratação desse tipo de empréstimo, o ideal é que você faça uma simulação para entender as condições, conferir os prazos, valor das parcelas, entre outras informações.

No Santander, a simulação é feita de forma gratuita e sem compromisso. Para simular seu Empréstimo com Garantia de Imóvel é só clicar aqui.

Empréstimo com Garantia de Imóvel é a mesma coisa que Hipoteca?

Ambos são tipos de empréstimo com uso de imóvel como garantia. A diferença entre eles é que além de ter sido “abandonada” como prática de financiamentos imobiliários e de crédito, a hipoteca permite que o cliente permaneça com o imóvel em seu nome, sem que a instituição financeira seja coproprietária.

Com isso, as instituições acabavam assumindo altos riscos concedendo esse tipo de empréstimo, tornando os juros mais altos. Com a criação da alienação fiduciária, em 1997, as operações de crédito com garantia de imóvel passaram a oferecer mais segurança para as empresas e bancos que ofertavam esse tipo de produto, pois a propriedade do imóvel passou a ser vinculada indiretamente ao nome da instituição financeira (fiduciário).

Com essas novas regras, a prática da hipoteca acabou sendo menos utilizada aqui no Brasil dando maior espaço ao Empréstimo com Garantia de Imóvel, que pode oferecer melhores condições para as empresas e seus clientes.

E para você que precisa de outras soluções de crédito, a gente tem diferentes opções disponíveis para quem é ou não cliente Santander. Dá só uma olhada:

img      img

img      Sim garantia auto

img