Atualizado em 13-12-2021

por Equipe Santander

Sair do aluguel e ter a casa própria ainda é o sonho de muitos brasileiros, mas a gente sabe que nem sempre é fácil juntar dinheiro para adquirir um imóvel à vista.

Por conta disso, o Santander oferece linhas de crédito para ajudar a conquistar seus sonhos. Uma dessas opções é o financiamento imobiliário, que dentre suas principais vantagens, permite a flexibilização do pagamento do imóvel, além de outros benefícios.

Ao longo deste conteúdo, vamos te contar como ele funciona, além de dicas que vão te ajudar a encontrar a opção mais vantajosa para você.

Então se você tem dúvidas sobre o tema, continue a leitura e confira como o financiamento imobiliário pode te ajudar na compra de uma casa ou apartamento.

1. O que é um financiamento imobiliário?

É uma linha de crédito oferecida pelos bancos ou programas do governo para ajudar você na compra de um imóvel. Com ele, é possível parcelar o pagamento, dentro dos limites previstos nas normas aplicáveis. Ao solicitar o financiamento, essas informações poderão ser verificadas previamente.

2. Por que fazer um financiamento imobiliário?

O financiamento imobiliário é uma ótima solução para quem deseja comprar um imóvel no modelo parcelado.

Se você tem receio em optar pelo financiamento por medo de se comprometer com um débito a longo prazo, saiba que quando bem planejado, o financiamento se torna uma opção muito vantajosa, principalmente para quem não tem dinheiro guardado para pagamento integral do preço e precisa ter opções mais acessíveis.

Além disso, ele permite que você saia do aluguel e adquira um imóvel próprio.

3. Quais os benefícios do financiamento?

Além das vantagens que já te apresentamos, existem outros benefícios que o financiamento imobiliário pode proporcionar para você. Olha só:

- Condições facilitadas:
O grande diferencial e benefício do financiamento imobiliário são suas condições de pagamento. Além de poder financiar um imóvel por um longo período, você também consegue simular e escolher a linha de crédito que atendam às suas necessidades.

Outra vantagem é a possibilidade de utilizar o saldo do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) como valor de entrada para o financiamento ou, se preferir, para amortizar as parcelas ou até quitá-las, desde que enquadradas as regras previstas no Manual do FGTS – Utilização na Moradia Própria, publicado pela Caixa Econômica Federal.

Além dessas possibilidades, você também pode compor renda com outra pessoa. Opção para quem já encontrou o imóvel que deseja, mas não possui renda suficiente para fechar o financiamento.

- Construção do patrimônio

Ao adquirir um imóvel você está fazendo um investimento no futuro, construindo o seu patrimônio e garantindo qualidade de vida para você e para sua família.

4. Como contratar um financiamento?

Antes de contratar o seu financiamento imobiliário, é importante conhecer as condições necessárias para a aquisição. Atenção também para a documentação solicitada, ela pode variar de uma instituição para outra.

Esses são alguns dos documentos que costumam ser solicitados:

- RG;
- CPF;
- Comprovante de Residência;
- Comprovante de Renda (holerites, notas e etc);
- Certidão de nascimento;
- Comprovante de estado civil (se tiver);
- Extrato de declaração do Imposto de Renda;
- Extrato do FGTS (se você tiver saldo disponível, poderá utilizá-lo)

Aqui no Santander, a análise de crédito é na hora e 100% digital.

Para fazer a sua simulação e ter acesso as condições do financiamento, valor das parcelas, entre outras informações, é só clicar aqui.

#DicaBônusSantander:
Não se esqueça do planejamento

Agora que você esclareceu suas dúvidas sobre um financiamento imobiliário, é hora de se organizar.

Para isso, o ideal é que você reúna todas as suas despesas em um orçamento para visualizar todos os seus gastos mensais e verificar se a operação é adequada às suas necessidades financeiras atuais.