Atualizado em Mon Feb 21 20:04:20 GMT-03:00 2022

por Equipe Santander

Para alguns pode parecer difícil essa coisa de finanças, investimentos, bolsa de valores, mas a verdade é que todos os dias você, de uma forma ou de outra, acaba participando desse grande universo que é o mercado financeiro.

Seja pela sua conta bancária ou nas compras do dia a dia, tudo que movimenta a economia, está ligado de uma forma ou de outra ao mercado financeiro. E para você que pensa que esse é um ambiente apenas para quem tem dinheiro ou possui muito conhecimento, está enganado. Vamos te mostrar o quanto descomplicado esse universo pode ser.

Afinal, o que é mercado financeiro?

Ele é um ambiente composto por diferentes instituições financeiras, como: bancos, corretoras, financeiras etc.

Nele, são realizadas operações de compra e venda de ativos – bens, contas, créditos, ações, câmbio, mercadorias, aplicações financeiras, reservas etc. Nessas negociações, estão envolvidos alguns participantes como: instituições, investidores (compradores) e tomadores de recursos (vendedores), além é claro, dos órgãos que regularizam e fiscalizam essas transações.

Mas quem são esses participantes?

Os investidores são aqueles que “emprestam” o dinheiro para os ativos em troca de rentabilidade. Esse movimento é feito através da escolha de algum investimento para aplicação.

Já os tomadores, são os participantes que precisam desse dinheiro “emprestado” para financiar projetos, empreendimentos etc.

Temos também as instituições, que são os responsáveis por conectar os tomadores com os investidores. São eles: bancos, corretoras de investimento, fintechs, empresas de pagamento, Bolsa de Valores etc.

E para normatizar e regulamentar o mercado, existem órgãos importantes que fiscalizam e verificam as diretrizes que as instituições financeiras seguem.

Entre esses reguladores, temos:

- Banco Central do Brasil (BACEN)

O Bacen tem como objetivo garantir a estabilidade do poder de compra da moeda do Brasil e regulamentar o sistema financeiro.

Suas principais funções:
- Controlar a inflação
- Atuar no mercado de cambio
- Emitir a moeda nacional

- Comissão de Valores Mobiliários (CVM)

A CVM fiscaliza e mantém boas práticas no mercado de valores mobiliários.

Suas principais funções:
- Proteger o investidor
- Monitorar as instituições que participam do sistema financeiro
- Assegurar que as pessoas possam investir em ambientes seguros e transparentes
- Punir quem descumprir as regras estabelecidas
- Regular serviços e taxas praticadas

- Conselho Monetário Nacional (CMN)

O CMN garante o bom funcionamento do sistema financeiro, controlando a política de moeda e crédito do nosso País.

Suas principais funções:
- Manter o desenvolvimento econômico
- Estabilizar a moeda e a economia nacional
- Cuidar da liquidez
- Determinar as metas de inflação 

Como o mercado financeiro é dividido?

O mercado financeiro é um ambiente que reúne um conjunto de instituições. Em sua estrutura damos destaque para: mercado de capitais, mercado monetário, mercado de crédito e mercado de câmbio.

Mercado de Câmbio
É onde se negociam a compra e venda de moedas estrangeiras. Seu foco principal é a troca de dinheiro entre as nações e quem fiscaliza esse tipo de mercado é o Banco Central.

Mercado monetário
É o ambiente onde se realiza a negociação de empréstimos de curto prazo, normalmente com vencimento de um ano ou menos. Nesse mercado, o Banco Central e as instituições financeiras são os agentes reguladores.

Mercado de crédito
Aqui, são negociadas operações de crédito e financiamento de curto, médio e longo prazo para pessoas físicas e jurídicas que buscam capital. Ele é controlado e normatizado pelo Banco Central e os juros básicos são determinados pelo Conselho de Política Monetária.

Mercado de Capitais
Nesse ambiente ocorrem as negociações entre as empresas (quem busca captar dinheiro) e os investidores (quem quer investir). Nele, são realizadas operações de títulos, ações e derivativos em bolsas de valores, corretoras, fintechs e outras instituições financeiras.

Quando você investe em um produto financeiro ou compra uma ação, está aplicando no Mercado de Capitais. E, esse ambiente, é fiscalizado e regulamentado pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que também é responsável pelas regras sob as quais todos os participantes estão submetidos.

Agora que você já conhece um pouco mais sobre o mercado financeiro, que tal entender também sobre investimentos? Clicando aqui, você confere um conteúdo completo e exclusivo, com diferentes dicas para você começar a investir no seu futuro.

Além disso, aqui no blog, você também encontra outros conteúdos sobre o tema para aprimorar seu conhecimento, entender os diferentes termos e estar atento ao mercado. Boa leitura!


Todas as opiniões e depoimentos contidos nesta publicação foram tiradas das fontes aqui informadas. Esse blog possui caráter informativo, não representando a opinião, recomendação ou posicionamento formal do Santander ou das empresas de seu conglomerado.

Fonte: Invest Exame