Atualizado em 15-03-2024

por Equipe Santander

c. concepts / client-service/Bank and Counter/simple credit Copy 11

Acessibilidade

c. concepts / client-service/Bank and Counter/simple credit Copy 12
Aumentar espessura do texto Aa
Preto e amarelo - tema para daltônicos (WCAG 16:44:1)
Preto e branco - tema para daltônicos (WCAG 21:1)
c. concepts / client-service/Bank and Counter/simple credit Copy 11

Modo escuro

0:00

 / 

0:00
Na imagem, há a ilustração de um homem segurando um cartão e um documento e a frase 'Tudo sobre Cadastro Positivo'.

Na hora de fazer compras, começar um financiamento ou até solicitar um empréstimo ao banco, ter um bom histórico de crédito é fundamental. Por isso, se manter em dia com os compromissos financeiros gera uma série de vantagens, como conseguir boas condições de pagamento e crédito para realização de novas metas.

Nesse cenário, o cadastro positivo é uma ferramenta essencial para comprovar esse comportamento perante os birôs de crédito, como Serasa, por exemplo. Mas, você já se perguntou como ele funciona e de que maneira ele interfere no score?

Neste artigo, vamos entender o que é o cadastro positivo e tirar todas as suas dúvidas – inclusive em como ele pode ser favorável para sua vida financeira. Boa leitura!

O que é cadastro positivo?

Se você faz ou já fez compras parceladas, paga contas de água e eletricidade ou solicitou empréstimos e quita tudo em dia, saiba que existe um registro do seu comportamento financeiro.

Basicamente, o histórico de um bom pagador é o que compõe o cadastro positivo: um banco de dados com todas as informações de contas pagas e compromissos financeiros em andamento de uma pessoa física ou jurídica.

Ele foi criado para facilitar o acesso ao crédito e fornecer juros menores para consumidores e empresas que estão sempre com suas contas no azul. Nele constam informações sobre como empréstimos e financiamentos têm sido pagos, valores de parcelas, quantias totais financiadas, entre outras. Assim, esses dados que normalmente não eram considerados em uma avaliação de crédito passam a estar disponíveis para consulta.

Financeiras, empresas de telecomunicações, energia e saneamento são algumas das fontes que enviam o histórico de pagamentos para o Cadastro Positivo, usando então as transações do cartão de crédito, informações das contas de luz, água e telefone para compor este banco de dados.

Como fazer o Cadastro Positivo?

Criado em 2011, o Cadastro Positivo passou a ser automático apenas em 2019. Isso significa que todas as pessoas com CPF ativo já são incluídas no sistema, sem a necessidade de fazer um cadastro.

De toda forma, a participação no Cadastro Positivo é opcional. Mesmo a inclusão sendo automática, o consumidor que não quiser fazer parte do sistema pode pedir a exclusão de suas informações em um processo de descadastramento.

Leia também: Precisando de empréstimo? Conheça as opções de crédito disponíveis para você

Conheça as vantagens do cadastro positivo

Como já mencionamos, o Cadastro Positivo pode ser um grande diferencial para pessoas e empresas que deixam suas contas sempre em dia. Aqui, vamos listar algumas das principais vantagens do registro:

Análise de crédito mais justa, possibilitando a avaliação completa de um bom histórico de pagamento pelas instituições financeiras;

Ao lado de outros critérios, ajuda a aumentar o score de crédito, elevando as chances de conseguir um empréstimo, cartão de crédito e linhas de financiamento;

Inclusão de mais brasileiros na liberação de crédito e maior poder de compra;

Estímulo à competitividade entre instituições financeiras e empresas de varejo na oferta de crédito;

Para empresas, taxas e prazos mais conveniente com fornecedores e melhores condições de financiamento com instituições financeiras.

Como consultar o Cadastro Positivo?

Para ver se o seu cadastro está ativo, você pode consultá-lo em um passo a passo bastante simples:

1. Acesse o site da Serasa;

2. Faça o login com seu CPF e senha. Caso não possua, basta fazer o cadastro no site gratuitamente seguindo as instruções;

3. Assim que fizer o login, o Cadastro Positivo já vai aparecer para consulta. Para ver as informações positivas em detalhes, clique em Ver meu relatório completo.

Você vai querer ler: Dívidas no cartão de crédito? Veja como renegociar sem sair de casa

Como funciona o sigilo dos dados?

O registro, realizado para todas as pessoas físicas e jurídicas que possuem empréstimos, compras a prazo ou contas de consumo, promte oferecer a proteção desses dados e manter o sigilo bancário preservado – seguindo o que prevê o Código de Defesa do Consumidor.

Caso aconteça o vazamento de informações do cadastrado, cada envolvido deve sofrer punições com reclusão de um a quatro anos e multa, conforme a Lei Complementar 105 (Lei do Sigilo Bancário), além de resguardar todos os direitos da Lei do Consumidor.

Mesmo com o histórico registrado na lista de bons pagadores, os scores só podem ser vistos por empresas que estejam avaliando a concessão de crédito ou transações comerciais e empresariais que envolvam risco financeiro.

Neste caso, apenas informações sobre operações de crédito e consumo, como datas de vencimento e pagamento de faturas junto aos seus valores ficarão disponíveis.

E se eu quiser cancelar o cadastro?

É possível pedir o cancelamento no cadastro a qualquer momento. Para isso, basta solicitar formalmente a exclusão pelos canais de atendimento de qualquer birô de crédito.

Aquele birô que receber a solicitação de exclusão do Cadastro Positivo obrigatoriamente deve atendê-la e compartilhar com os demais birôs. Eles têm um prazo de até dois dias úteis para cumprir o pedido.

O Cadastro Positivo é uma das maneiras de se beneficiar financeiramente ao manter um bom histórico de pagamento. E se você está no processo de limpar o nome, sanar dívidas e construir um bom score de crédito, aproveite para renegociar suas dívidas pelo Santander! Saiba como fazer a negociação de maneira fácil e 100% online e recomece hoje mesmo:

Quero renegociar

Avalie esse artigo