Atualizado em 27-12-2023

por Equipe Santander

Acessibilidade

Tema para daltônicos

Modo escuro

0:00

 / 

0:00
A imagem mostra a ilustração de uma mão segurando um celular com o símbolo do Pix e no topo, a frase: 'Tudo sobre o Pix Automático'.

Lançado pelo Banco Central em 2020, o Pix já se tornou uma unanimidade entre os brasileiros como meio de pagamento. Em setembro de 2023, a ferramenta alcançou recorde de transações com 152,7 milhões de transferências instantâneas segundo o BC – marca que não para de crescer. E por sua clara funcionalidade e adesão em crescimento, ele continua ganhando novas maneiras de facilitar o nosso dia a dia.

Depois do Pix Saque e Pix Troco, o Banco Central anunciou o Pix Automático, que deve facilitar transações a partir da sua automação. Com previsão de chegada em abril de 2024, ele vai ampliar suas possiblidades para o pagamento de contas recorrentes. Conheça essa nova categoria de Pix no conteúdo a seguir.

Como funciona o Pix Automático?

Se você conhece e usa a função débito automático na sua conta corrente, vai se familiarizar bem com o Pix Automático. Com o mesmo conceito, ele vai permitir ao usuário programar pagamentos de rotina para pessoas jurídicas de forma instantânea e, assim, evitar que ele se perca com prazos e vencimentos – o que é ótimo para deixar a vida financeira mais organizada.

O Pix Automático será voltado para o pagamento de contas e mensalidades estudantis, academias, clubes e outras transações consideradas fixas. Serviços de internet, plataformas de streaming e até mesmo o parcelamento de seguros e empréstimos também poderão entrar nas programações da nova modalidade de pagamento.

Leia também: Divide o Pix: passo a passo de como utilizar

Com a possibilidade de agendar os pagamentos, o usuário então escolhe um dia específico para a transação pelo período que preferir – como é o caso do Pix agendado que existe hoje, só que a novidade será para pessoas jurídicas.

Para entender tudo sobre Pix e conhecer todas as suas vantagens, leia este conteúdo com um guia completo e tire todas as suas dúvidas.

O Pix Automático é grátis?

De acordo com o Banco Central, as empresas deverão possibilitar o pagamento via Pix Automático gratuitamente. E para evitar fraudes, a transferência só será efetuada mediante autorização do usuário pagador.

Outra vantagem do Pix Automático é sua pluralidade de usos. Por exemplo: ao assinar um contrato com um prestador de serviço, como uma escola ou academia, o usuário opta pelo Pix Automático e informa seus dados, recebendo a confirmação para autorização no aplicativo do banco.

A partir desse momento, todos os pagamentos serão feitos automaticamente de forma recorrente, sem a necessidade de autenticar cada transação e pagar por ela. Você poderá ainda gerir os pagamentos recorrentes como, por exemplo, estabelecer um limite máximo do valor da parcela a ser debitada, podendo cancelar a qualquer momento a autorização.

Qual a diferença entre Pix Automático e débito automático?

Por serem bastante semelhantes, é comum que as opções se confundam. Por isso, vamos explicar melhor as diferenças entre eles:

- Pix Automático: o modelo vai integrar o ambiente do Pix e será opção de pagamentos para pessoas jurídicas, incluindo operadoras de crédito, serviços públicos e fornecedores de serviços recorrentes. Isso sem qualquer custo adicional vindo de convênios e adesões ao modelo.

- Débito automático: é uma opção de pagamento instantâneo de contas recorrentes, feito na própria conta bancária. Ao contrário do Pix, ele está vinculado a um contrato com a empresa, impondo mais custos operacionais.

Você vai querer ler: Golpe do Pix Multiplicador: veja como não cair

Qualquer um pode usar o Pix Automático?

Uma das premissas do modelo que chega em 2024 é alcançar um número maior de usuários. Para ter acesso ao Pix Automático, basta ter uma conta corrente ou poupança em bancos e instituições que adotaram o Pix como meio de pagamento.

Até mesmo para quem estiver inadimplente, a opção do Pix Automático será vantajosa. Ele não compromete em nada as finanças com taxas adicionais e o limite de crédito não é um fator determinante para sua liberação.

Inclusive, esta é uma opção que o Banco Central aponta como facilitadora para diminuir a inadimplência, já que poderá ser uma alternativa ao parcelamento em cartões de crédito, evitando assim, o acúmulo de dívidas.

Se você ainda não possui uma conta, aproveite para abrir a sua no Santander! Você escolhe os serviços que mais combinam com as suas necessidades – incluindo a Conta Confia com tarifa zero.

Abrir conta

Já tem uma conta mas ainda não criou uma chave Pix? Então, cadastre agora mesmo a sua e descubra um jeito mais fácil e simples de movimentar o seu dinheiro. Ao colocar seu celular ou CPF como chave, você ainda recebe isenção de anuidade no Cartão SX. Não dá pra perder: faça a sua agora mesmo e se prepare para usufruir de todos os benefícios do Pix Automático.
 

Cadastre sua chave Pix

 

Fonte: Banco Central

 

 

Avalie esse artigo