Atualizado em 19-12-2023

por Equipe Santander

Acessibilidade

Tema para daltônicos

Modo escuro

0:00

 / 

0:00
Na imagem, há a ilustração de uma mão segurando um celular, utilizando o aplicativo do Santander. Saindo do celular, ainda em ilustração, um aviãozinho de papel, carregando uma nota de dinheiro. No topo da imagem, a frase: o pix vai ser cobrado?

Pare para pensar: durante uma semana, quantas vezes você utiliza o Pix? A verdade é que o Pix caiu no gosto do brasileiro e em 2022 foi o meio de pagamento mais usado no país, segundo a Febraban. Essa popularidade pode ser explicada por conta da praticidade, agilidade e gratuidade do serviço, no entanto, uma dúvida apareceu em 2023 nos usuários desse tipo de transação: o Pix vai ser cobrado?

Neste artigo, vamos explorar a evolução do Pix, suas principais vantagens e esclarecer se é cobrada ou não alguma tarifa pelo serviço.

Leia também: Será que é possível cancelar um Pix?

Existe cobrança da tarifa do Pix?

É importante saber que desde a sua criação, em 2020 pelo Banco Central, a cobrança de tarifas para clientes pessoa jurídica é autorizada pelo Banco Central e implementada por diversas instituições bancárias, em algumas situações. Ah, e não se preocupa, pois vamos detalhar essas ocasiões a seguir

Mas e as pessoas físicas? Bom, na maioria dos casos, não é permitido cobrar tarifas desses indivíduos. No entanto, a instituição financeira tem autorização para efetuar cobrança caso o cliente:

• Receba recursos com finalidade de compra;

• Envio de recursos, com as finalidades de saque ou de troco, a partir da 9 transação/ mês.

Mas atenção: é sempre importante consultar o seu plano de tarifação junto ao banco, pois pode haver variações/alterações.

Leia também: Pix Saque e Pix Troco: saiba como usar

Contextualizando a criação do Pix pelo Banco Central

O Pix surgiu como uma resposta à crescente demanda por sistemas de pagamento mais eficientes e rápidos. O sistema foi concebido para permitir a transferência de dinheiro de forma instantânea, 24 horas por dia, 7 dias por semana, reduzindo a dependência de métodos tradicionais como TED e DOC, que costumavam demorar horas ou até mesmo dias para serem processados. O DOC, por exemplo, será descontinuado pelos bancos associados à Federação Brasileira de Bancos (Febraban), em janeiro de 2024.

Uma das principais vantagens do Pix desde o seu lançamento foi a possível gratuidade, a depender da situação. Em alguns casos, o Banco Central optou por não cobrar tarifas dos usuários finais, e tornou o Pix uma alternativa extremamente atrativa para a população. Essa gratuidade contribuiu significativamente para a rápida adoção do Pix e para a sua consolidação como um dos principais meios de pagamento no país.

As principais vantagens do Pix

É importante destacar as principais vantagens desse sistema que o tornaram tão popular:

Rapidez: o Pix permite que as transferências de dinheiro sejam concluídas em segundos, independentemente do dia ou horário. Existe também a possibilidade de agendar e, desse modo, ele será feito na data escolhida. E se decidir cancelar a transferência antes da data agendada, o Pix não será efetuado. Isso é especialmente útil para pagamentos emergenciais ou para a realização de transações fora do horário comercial.

Disponibilidade: com o Pix, você pode fazer transações a qualquer momento, 24/7. Isso elimina a necessidade de esperar pelo próximo dia útil para enviar dinheiro, como ocorre com a TED e o DOC.

Gratuidade: como vimos anteriormente, em muitas situações, o Pix não cobra tarifas para transações entre pessoas físicas. Essa possível gratuidade torna o Pix uma opção econômica para a maioria dos brasileiros.

Diversidade de casos de uso: o Pix não se limita apenas a transferências entre pessoas. Ele também pode ser utilizado para pagamento de contas, compras em estabelecimentos, recarga de celular, e até mesmo para receber o salário.

Pix no Santander

Se o Pix já é bom, com o Santander fica ainda melhor. Um jeito mais fácil e simples de movimentar o seu dinheiro.

Além dos benefícios que citamos anteriormente, o Santander vai além. Fica ligado: você pode ter até 10 dias sem juros por mês no limite da conta, ao manter o seu CPF ou celular como chave Pix em sua conta Santander, para os pagamentos e transferências que não podem esperar. Além de garantir isenção de anuidade em alguns cartões ao cadastrar e manter CPF e celular como chave Pix em sua conta Santander. Demais, hein?

Cadastrar chave pix

O Pix é, sem dúvida, um avanço significativo no sistema de pagamentos brasileiro, oferecendo rapidez, disponibilidade e gratuidade para a maioria dos usuários.

Avalie esse artigo