SML (Sistema de Pagamento em Moeda Local) - Santander

SML (Sistema de Pagamento em Moeda Local)

A sua empresa importa e exporta para Argentina e Uruguai sem precisar de operações de câmbio.

Reduz o custo operacional das suas exportações e importações

Permite pagar e receber da Argentina ou do Uruguai na moeda local

Você faz as suas transações em reais, pesos argentinos ou pesos uruguaios

Ajuda exportadores brasileiros de produtos e serviços, contribuindo para a ampliação do comércio internacional com empresas argentinas e uruguaias.

Benefícios para a sua empresa

As transações de comércio exterior são feitas nas moedas locais

Os valores das operações no SML na moeda da pagador são convertidos por uma taxa, chamada de taxa SML, divulgada pelos Bancos Centrais do Brasil, Argentina e Uruguai.

O importador faz o pagamento em pesos e você recebe em reais

No caso de SML Exportação, o importador da Argentina ou do Uruguai faz o pagamento ao seu banco local em pesos e a sua empresa recebe na sua conta do Santander em reais.

No SML Importação, a sua empresa realiza o pagamento em reais para o Santander e o banco local na Argentina ou no Uruguai repassa o crédito para o exportador.

Condições de contratação

Como contratar

Se já for cliente, fale com o seu gerente de relacionamento. Caso ainda não seja, procure a agência Santander mais próxima de você.

Restrições

O lastro comercial do recebimento a favor do exportador brasileiro deve ser uma operação de exportação em reais com prazo de pagamento de até 360 dias.

Não podem ser aplicados no SML os recebimentos antecipados de exportação com prazo superior a 360 dias.

Como funciona

As transações financeiras entre os bancos centrais e as instituições financeiras participantes do SML são feitas nas respectivas moedas locais. Não há contrato de câmbio e o crédito do pagamento ocorre dois dias depois do registro da operação no SML pelo Banco Argentino ou Uruguaio.