Atualizado em 01-03-2024

por Equipe Santander

c. concepts / client-service/Bank and Counter/simple credit Copy 11

Acessibilidade

c. concepts / client-service/Bank and Counter/simple credit Copy 12
Aumentar espessura do texto Aa
Preto e amarelo - tema para daltônicos (WCAG 16:44:1)
Preto e branco - tema para daltônicos (WCAG 21:1)
c. concepts / client-service/Bank and Counter/simple credit Copy 11

Modo escuro

0:00

 / 

0:00
Ilustração de uma mulher sentada, utilizando um laptop. No lado esquerdo da imagem, a frase: como consultar o MEI.

Desde sua criação em 2009, o Microempreendedor Individual (MEI) tem sido uma ferramenta fundamental para milhões de empreendedores no Brasil. Esta modalidade empresarial foi criada justamente para simplificar a vida de quem sonha em ser um pequeno empresário, com uma série de vantagens tributárias e benefícios durante o processo de regularização do negócio.

Pode-se dizer que o MEI é uma verdadeira revolução do mundo empresarial, algo que mudou para melhor a vida dos trabalhadores autônomos, microempresários e pequenos empreendedores. Foi através dele que milhões de brasileiros enxergaram uma oportunidade de regularizar suas atividades, obter CNPJ, emitir notas fiscais e acessar direitos previdenciários, como aposentadoria por idade, auxílio-doença e salário-maternidade.

Neste cenário, é fundamental que o microempreendedor esteja sempre em dia com suas obrigações fiscais e cadastrais. E uma das maneiras de garantir isso é através da consulta regular das informações associadas ao seu CNPJ.

Porém, muitas pessoas que estão cadastradas como MEI não sabem como fazer isso. É fundamental saber que, inclusive, é possível fazer a consulta utilizando o CPF. Essas são alguns dos assuntos que vamos comentar no texto a seguir.

Por que consultar a situação do MEI?

Antes de entender os detalhes de como fazer essa consulta, é importante entender a relevância de manter-se informado sobre a situação do seu MEI. Fazer essa consulta regularmente vai permitir que você:

Mantenha sua situação regularizada: ao verificar com frequência as informações associadas ao seu MEI, você pode evitar surpresas desagradáveis, como pendências fiscais ou cadastrais. Como todo bom empresário, você precisa estar por dentro do que acontece com o seu negócio, principalmente nos bastidores.

- Tenha acesso ao extrato do MEI: verificar o extrato do MEI é essencial para garantir que os pagamentos dos tributos estejam em dia e para acompanhar as movimentações financeiras. Falaremos mais sobre o extrato mais para frente no texto.

- Facilite o planejamento financeiro: com acesso às informações do seu MEI, você pode realizar um melhor planejamento financeiro e tomar decisões mais assertivas para o crescimento da sua empresa.

Agora que você já sabe a importância, vamos ao passo a passo de como realizar a consulta do seu MEI utilizando o seu CPF.

Como consultar o MEI pelo CPF?

Existem algumas formas de consultar o MEI pelo CPF, mas a mais simples e acessível é através do portal do Empreendedor. Siga os passos abaixo:

1. Utilize o navegador do seu celular ou computador para acessar o site do Portal do Empreendedor. Esse é o site dedicado aos microempreendedores individuais;

2. Desça um pouco a página e clique na opção “Já sou MEI”;

3. Clique em “Emissão de Comprovante (CCMEI)” e, em seguida, faça login com a sua conta gov.br. Se não tiver, será preciso criar uma conta utilizando o seu CPF;

4. Em “Tipo de Consulta”, você deverá selecionar a opção “CPF” e digitar o número do seu documento;

5. Pronto! Você estará vendo o seu Certificado de Condição de Microempreendedor Individual e nele é possível verificar todos os dados da sua empresa.

E como consultar o MEI pelo Celular?

Além de realizar a consulta pelo computador, você também pode acessar o Portal do Empreendedor através do seu celular. O caminho será o mesmo e basta seguir o passo a passo que falamos anteriormente.

Consultar o MEI pelo CPF é uma tarefa simples e rápida que pode trazer muitos benefícios para o seu negócio. Ao manter-se informado sobre a situação do seu MEI, você pode evitar problemas futuros e garantir o sucesso da sua empresa.

Como tirar o extrato do MEI?

Para emitir o extrato do MEI, basta seguir o passo a passo:

1. Dessa vez você deve acessar o site do Simples Nacional;

2. Vá até a opção “Simei — serviços” e clique na opção “Cálculos e declarações”;

3. Agora, clique em “PGMEI — versão completa” e depois no ícone de certificado digital (para utilizar sua conta gov.br);

4. Faça o login e clique em “Consulta extrato/ pendências”;

5. Selecione a opção “extrato” e pronto. Se existir algum boleto em atraso, será possível vê-los nessa tela.

Qual a diferença entre Comprovante e Extrato de MEI?

O Certificado de Condição do MEI comprova a existência daquele microempreendimento. Ou seja, a empresa foi criada de acordo com a legislação brasileira.

Já o extrato apresenta os comprovantes de pagamento dos DAS MEI, o imposto que o MEI deve pagar mensalmente para ficar em dia com os seus tributos. Em outras palavras, o extrato comprova que que o MEI está em dia com a Receita Federal e pode continuar exercendo suas atividades.

Faça uma Conta MEI para o seu negócio

Se você é um Microempreendedor Individual, é possível ter uma conta própria para o seu negócio. E vale a pena? A resposta é sim, pois ela oferece diversas vantagens para esse tipo de modalidade empresarial e vai ajudar no crescimento da empresa.

Quero Conta MEI

O MEI desempenha um papel crucial no economia local, ajuda na geração de empregos, além do aumento da arrecadação de impostos e o desenvolvimento sustentável da sociedade.

Avalie esse artigo