Atualizado em 28-03-2024

por Equipe Santander

c. concepts / client-service/Bank and Counter/simple credit Copy 11

Acessibilidade

c. concepts / client-service/Bank and Counter/simple credit Copy 12
Aumentar espessura do texto Aa
Preto e amarelo - tema para daltônicos (WCAG 16:44:1)
Preto e branco - tema para daltônicos (WCAG 21:1)
c. concepts / client-service/Bank and Counter/simple credit Copy 11

Modo escuro

0:00

 / 

0:00
A imagem mostra uma pintura de uma praia  com coqueiros e à frente a frase ' Pancetti: o mar quando quebra na praia...', Farol Santander, de 22 de março a 30 de junho de 2024.

Sabemos que admirar belas paisagens é uma forma de meditar, refletir, relembrar... e com a proposta de revelar a arte e a delicada sobriedade do pintor brasileiro José Pancetti, o Farol Santander São Paulo apresenta a exposição Pancetti: o mar quando quebra na praia...

De 22 de março a 30 de junho deste ano, os visitantes da mostra poderão praticamente mergulhar na vida e obra do artista paulista que misturou melancolia e poesia em peças que retratam o que há de mais puro do brasileiro e do seu cotidiano.

Quer saber mais sobre essa imersão completa nos cenários decifrados por Pancetti em uma verdadeira viagem à praia? Vem com a gente!

Saiba quem foi o artista José Pancetti

Giuseppe “José” Pancetti foi um pintor modernista nascido no início do século XX em Campinas – SP. Morou na Itália dos 11 aos 16 anos com os avós e um tio, período em que foi aprendiz de marceneiro e trabalhou em fábricas até ingressar na marinha italiana – o que, mais tarde, se tornaria uma das maiores inspirações para suas obras.

Em 1920, Pancetti regressa ao Brasil e na cidade de Santos trabalha com diferentes ofícios: de operário têxtil e auxiliar de ourives até faxineiro de hotel. No ano seguinte, já em São Paulo, Pancetti começa a trabalhar com pintura de parede e se torna auxiliar do pintor Adolfo Fonzari. Depois disso, alistou-se na Marinha brasileira, onde serviu até 1946.

Foi durante seu tempo como marinheiro que Pancetti passou a pintar suas primeiras obras. Começou a pintar o casco do navio, depois o camarote... e assim iniciou um curso nesse período, recebendo incentivo de seus superiores. Foi quando ingressou no núcleo Bernardelli de pintores e passou a amadurecer suas habilidades artísticas, refinando sua técnica.

Quais são as características das obras de José Pancetti?

As pinturas de Pancetti permeiam elementos do cotidiano, as cidades e pessoas simples. Ele começou fazendo paisagens e depois passa a trabalhar com os modelos da época: retratos e natureza morta – tipo de pintura que representa objetos inanimados, como frutas, vegetais ou flores.

De acordo com Denise Mattar, curadora da exposição, as paisagens marinhas são a faceta mais conhecida do artista, que também tem autorretratos entre suas obras. Neles, Pancetti investe-se de distintas personalidades, enquanto os retratos são românticos, emocionais e líricos. “As paisagens evidenciam o quanto o artista captava as sutilezas de luz de cada local, e as particularidades das cenas urbanas”, conta Denise.

Como será a exposição?

Os visitantes da mostra do Farol Santander São Paulo vão praticamente mergulhar nas obras do pintor multifacetado. Em 44 peças, estão presentes exemplos de seus primeiros trabalhos, incluindo barcos e construções, além de registros de diferentes pontos do litoral brasileiro.

Também faz parte da mostra a visão e composição do pintor de paisagens baianas, onde deixou suas obras mais coloridas e quentes, e peças sintéticas que chegam a beirar o abstrato.

"O beijo entra o mar e a areia é um tema recorrente na obra de Pancetti. Um namoro que ele retratou ao longo de toda a sua vida, sempre com emoção. Encontro que também encantava seu amigo Dorival Caymmi, que cantava com voz profunda: "o mar, quando quebra na praia, é bonito, é bonito...", conta a curadora.

E esta sensação poderá ser sentida pelos visitantes da exposição. Isso porque, em determinado ponto da mostra, haverá uma instalação exclusiva que levará todos para o ambiente retratado pelo artista.

Imperdível, não é?

Quais as vantagens de comprar os ingressos com os cartões Santander?

Para quem é cliente e tem cartão de crédito, esta e qualquer outra exposição do Farol Santander pode ser visitada com desconto exclusivo. Se quiser uma experiência ainda mais prática, use o cartão online para fazer a compra.

Garanta agora mesmo seu ingresso e faça este mergulho na vida e obra deste talentoso artista brasileiro!

*Este desconto não é cumulativo com meia-entrada.

Ainda não é cliente e quer aproveitar este e outros benefícios?

Abra sua conta

Confira as informações para visitar a exposição

O que: Exposição Pancetti: o mar quando quebra na praia...
Quando: De 22 de março a 30 de junho
Onde: 19º andar do Farol Santander São Paulo - R. João Brícola, 24 - Centro Histórico de São Paulo
Valores:
Inteira – R$ 40
Meia – R$ 20
Cliente Santander – R$ 36
Visitação: de terça a domingo, das 9h às 20h, sendo o último acesso às 19h com permanência até às 20h.

Comprar ingressos

Aproveite para explorar tudo o que o Farol Santander tem para oferecer! Descubra uma vista incrível da cidade pelo Mirante, aproveite um bom drink no Bar do Cofre ou se aventure na pista de Skate mais alta do mundo.

Avalie esse artigo