Atualizado em Wed Jun 08 12:12:56 GMT-03:00 2022

por Equipe Santander

Um dos assuntos mais comentados no universo bancário é o Open Finance. Você já deve ter se deparado com esta palavra nos últimos tempos pela internet e com suas derivadas (como Open Banking). Mas você realmente entendeu o conceito e, principalmente, o que você tem a ver com isto e porque os bancos estão destacando tanto os seus benefícios? Acompanhe de forma simples e objetiva.

Open Finance

A sigla em inglês pode ser traduzida diretamente para sistema financeiro aberto, e isto já revela muita coisa sobre o seu significado. Este sistema financeiro aberto já é utilizado em muitos países, inclusive no Brasil. Em linhas gerais, este sistema permite que seu histórico bancário seja consultado, caso você queira e autorize, por outras instituições de seu interesse para poder aproveitar produtos e serviços que façam sentido para você. Importante: isto só ocorre com o seu consentimento. Veja na prática como funciona.

Open Finance e você

Vamos a um exemplo prático de como isto se relaciona e beneficia diretamente você. Imagine que você é correntista há muitos anos de um determinado banco, mas decide optar pelas vantagens da conta corrente do Santander. Atualmente, você faria esta migração, mas o seu relacionamento conosco começaria do zero. Ou seja, o seu histórico bancário com o Santander estará apenas no começo, e nós não temos como saber se para seu momento atual de vida é mais importante ter melhores ofertas em financiamento imobiliário do que em um consórcio de carro.

Com o Open Finance você pode conceder permissão para que seu banco de origem compartilhe seu histórico bancário com o Santander. Agora sim nós iremos nos conhecer bem melhor. Com seu perfil e histórico conseguimos oferecer produtos e serviços mais adequados, mais facilidade ao pedir empréstimos, financiamentos e taxas.

E para reforçar, você é quem pode ou não autorizar este compartilhamento, quais dados quer compartilhar e com quem. Isto porque você pode querer apenas um dos produtos ou serviços de outro banco diferente do seu que estão mais atrativos no momento. Você tem total autonomia sobre seus dados e por isto mesmo o Open Finance respeita a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

Quer conhecer mais?

Acreditamos que com o exemplo tenha ficado claro como este sistema é benéfico para todos. Como você pode levar seus dados para onde quiser e aproveitar ofertas específicas de outras marcas que você tenha interesse, que tal fazer o seu cadastro e começar a ser Open no Santander? O pré-cadastro para Open Finance do Santander já está aberto. Você pode realizar o pré-cadastro por aqui. Abaixo, veja como está o cronograma de implementação do sistema Open Finance no Brasil.

Cronograma Open Finance Brasil

Fase 1 (01/02/2021)

O Open Finance começou com as instituições disponibilizando ao público informações sobre seus canais de atendimento, além das características de seus produtos e serviços. Nessa fase, não é compartilhado nenhum dado de cliente.

Fase 2 (13/08/2021)

A partir dessa fase, os clientes poderão compartilhar seus dados cadastrais, informações sobre transações de suas contas, cartão de crédito e produtos de crédito contratados.

Fase 3 (30/08/2021)

Nessa fase, surge a possibilidade de compartilhamento dos serviços de transações de pagamento.

Fase 4 (15/12/2021)

Os clientes poderão compartilhar suas informações de operações de câmbio, investimentos, seguros, previdência complementar aberta e contas-salário, bem como acessar informações sobre produtos e serviços disponíveis para contratação no mercado.

API Open Finance

Você que é desenvolvedor, acesse o Santander Developers                                 

CLIQUE AQUI

Porta Santander

Conheça nossa página oficial sobre o Open Finance

ACESSE