Desculpa, mas infelizmente nosso site não está habilitado para o seu navegador

Para ter uma melhor experiência ao usar o portal Santander, prefira um dos navegadores abaixo

Navegadores compatíveis

Internet Explorer 11

Ciclo de vida dos produtos financeiros - Santander

Ciclo de vida dos produtos financeiros

Saiba como inserimos a sustentabilidade na criação e alteração de produtos.

Antes de chegar ao mercado, nossos produtos são analisados sob as óticas dos impactos socioambientais e da educação financeira

O objetivo é eliminar as externalidades negativas (econômicas, sociais e ambientais) e potencializar as externalidades positivas

A criação ou alteração de produtos e serviços segue uma rotina orientada por nossa Política de Responsabilidade Socioambiental, que estabelece princípios, diretrizes e procedimentos socioambientais nos negócios e na relação com nossos públicos.

Temos, ainda, um Comitê de Produtos, formado por diversas áreas do banco, que tem o papel de avaliar as características e funcionalidades de cada produto, sua adequação ao perfil dos consumidores e aos princípios éticos do Santander, o risco socioambiental, o atendimento à legislação e as necessidades de treinamentos de funcionários. O objetivo da avaliação dos aspectos socioambientais é eliminar ou minimizar externalidades negativas (econômicas, sociais e ambientais) e potencializar as externalidades positivas. 

Conheça as principais etapas de nosso processo de desenvolvimento de produtos

Elaboração da proposta

A área de Produtos elabora a proposta e envia a documentação para as demais equipes envolvidas – como Jurídico, Compliance, Riscos, Segmentos, Operações, Canais, Call Center, Sustentabilidade e outras – para avaliação e emissão de parecer.

Emissão dos pareceres

Na avaliação são consideradas questões como: atendimento à legislação, informações sobre o produto, aspectos operacionais, facilidade de cancelamento e de comunicação com o banco, adequação ao perfil do cliente, promoção de uma vida financeira saudável, fomento a boas práticas socioambientais, possíveis impactos reputacionais, logística reversa, uso de recursos naturais para operação e comercialização, geração de resíduos e emissões de gases de efeito estufa, clareza e transparência na comunicação e treinamento adequado aos funcionários para comercialização.

Apresentação ao Comitê Local de Comercialização

Constituído por executivos do Jurídico, Riscos, Auditoria Interna, Operações, Satisfação do Cliente e Compliance, entre outros, o Comitê tem o papel de avaliar e aprovar os produtos antes de sua comercialização. 

Implementação

Realização de treinamentos, comunicação interna e externa e demais providências necessárias para a disponibilização do produto ao mercado.

Divulgação

Disponibilização das informações sobre produtos (valores, prazos, taxas, encargos e demais condições de negócio) nos canais de contratação ou nos respectivos instrumentos contratuais. 

Abordagem comercial

Capacitamos nossas equipes para que a oferta de produtos seja feita com clareza e transparência, considerando o momento de vida e a situação financeira de cada cliente. Outro enfoque é a preparação de nossos times para que identifiquem empresas com potencial para melhorias socioambientais e ofertem as melhores soluções para energias renováveis, eficiência energética e hídrica, acessibilidade, redução e tratamento de resíduos e emissões, entre outras.