Atualizado em 10-01-2024

por Equipe Santander

Acessibilidade

Tema para daltônicos

Modo escuro

0:00

 / 

0:00
Na imagem, há a ilustração de um computador com gráficos de barra e de pizza na lateral inferior direita, com moedas empilhadas na frente do computador. No topo, a frase ‘Diminua o valor do seu financiamento’

O financiamento imobiliário é uma forma de aquisição de um imóvel por meio de um empréstimo bancário. Nesses casos, o imóvel fica alienado ao banco até a quitação do financiamento.

Em alguns casos, o proprietário de um imóvel financiado pode querer vender o imóvel antes de quitar o financiamento. E são nesses momentos em que você pode recorrer ao interveniente quitante.

Neste artigo, vamos entender de forma descomplicada o que significa interveniente quitante e porque ele é relevante no contexto do financiamento imobiliário.

O Que é Interveniente Quitante? 

Interveniente quitante é um termo que se refere a um participante da operação de compra e venda que recebe parte dos valores da venda do imóvel para liquidar a dívida do financiamento do vendedor.

Quando alguém financia um imóvel, o Banco usa o próprio imóvel como garantia da operação. Isso significa que a pessoa só se torna dona do imóvel quando paga totalmente o financiamento. Enquanto paga, ela pode morar no local e até decidir vendê-lo.

Se a pessoa quiser vender antes de quitar o financiamento obtido na compra do mesmo imóvel, entra em cena o interveniente quitante.

Ou seja, o Banco recebe o valor para quitação do financiamento contratado para a compra do imóvel.

Como funciona o Interveniente quitante?

O processo de interveniente quitante é realizado por meio de uma escritura pública. A escritura deve conter as seguintes informações:

- Nomes e dados pessoais do vendedor, do comprador e do interveniente quitante;

- Dados do imóvel financiado;

- Valor do financiamento;

- Condições do financiamento (taxa de juros, prazo de pagamento, etc.).

Após a assinatura da escritura, o interveniente quitante realiza o pagamento do saldo devedor do financiamento ao banco. Em seguida, o banco libera o imóvel para o comprador.

Vantagens do interveniente quitante

O interveniente quitante é uma solução que oferece vantagens para todas as partes envolvidas na transação:

- Para o vendedor, o interveniente quitante é uma forma de vender o imóvel sem ter que quitar o financiamento.

- Para o comprador, o interveniente quitante é uma forma de adquirir um imóvel com condições de financiamento mais vantajosas.

- Para o banco, o interveniente quitante é uma forma de recuperar o crédito concedido ao financiamento.

Qual a diferença de Interveniente quitante e Portabilidade de Crédito? 

Portabilidade de crédito é quando você transfere seu empréstimo de uma instituição financeira para outra, mantendo o imóvel e saldo devedor, trocando o credor. Não envolve a venda do imóvel, apenas a mudança da dívida entre instituições financeiras.

Já o interveniente quitante acontece quando alguém compra um imóvel financiado e paga o a dívida atual do vendedor usando um novo financiamento de outra instituição.

Compreender o papel do interveniente quitante torna-se fundamental para todos os envolvidos em transações imobiliárias financiadas, proporcionando clareza e segurança nesse complexo processo.

Se você está em busca de um financiamento imobiliário, conheça nossa solução de crédito imobiliário que temos para você.

Conheça agora

 

Avalie esse artigo