Desculpa, mas infelizmente nosso site não está habilitado para o seu navegador

Para ter uma melhor experiência ao usar o portal Santander, prefira um dos navegadores abaixo

Navegadores compatíveis

Internet Explorer 11

Santander - Nossos impactos

Nossos impactos

Adotamos um modelo integrado de criação de valor pautado pelo compromisso da alta gestão com a geração de resultados compartilhados com nossos públicos e com a sociedade.

A cultura do Santander é pautada por uma visão de longo prazo e compromisso com a sociedade.
Temos metas públicas de longo prazo e temos avançado ano a ano em cada uma delas.
Identificamos riscos, oportunidades, impactos reais e potenciais de nossas operações.

Nosso ecossistema

Nos últimos anos, investimos em aquisições e parcerias para complementar nossa atividade central, a oferta de produtos e serviços bancários, provendo soluções financeiras, dentro de nosso ecossistema, para atender às diferentes necessidades de nossos clientes. Criamos, assim, um Modelo de Negócios diversificado e resiliente, que nos permite enfrentar diferentes cenários econômicos e de mercado e criar valor ao longo do tempo, em nossa cadeia de relacionamentos.

Temas materiais

Por meio da matriz de materialidade, identificamos os temas mais relevantes para a sustentabilidade do nosso negócio. Isso nos permite orientar a estratégia de atuação e subsidiar a construção do relato anual.

 

Nossa matriz combina os padrões GRI com métodos utilizados pelo Grupo Santander. Isso inclui o conceito de dupla materialidade, na qual avaliamos os aspectos ESG por meio de duas lentes:

  • Como esses temas impactam o desempenho financeiro da empresa e seu valor empresarial a longo prazo; e

  • Como as ações da empresa sobre estes tópicos impactam a sociedade e o meio ambiente.

 

Além dos públicos ouvidos em cada rodada de atualização, mantemos canais de diálogo constante com nossos colaboradores, clientes, fornecedores, acionistas e investidores e a sociedade, trazendo suas demandas e expectativas para nosso horizonte de entregas.

 

A alta liderança participa dessa construção, promovendo o alinhando da estratégia e permitindo que a materialidade reflita, de maneira dinâmica, os principais riscos e oportunidades ESG no atual contexto de mudanças. Conheça nossos temas materiais e como eles se relacionam com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável no Relatório Anual Integrado 2022, em nossa Central de Resultados.

Nosso modelo de criação de valor

A materialidade nos ajuda a entender como a criação de valor do Banco pode ser afetada no curto, médio e longo prazo, a partir de uma visão integrada de nossa operação e dos impactos positivos e negativos que podem ser gerados por ela.

 

Consideramos, como ponto de partida, a interação entre os capitais usados ou afetados por nossa operação, suportando decisões holísticas e atreladas a metas, que são monitoradas e divulgadas em nosso Relatório Anual Integrado.

Metas públicas

Integramos os compromissos globais do Grupo Santander. Confira os principais deles e os principais resultados alcançados até o final de 2022:

Visão de longo prazo

Com uma trajetória de mais de 20 anos na promoção da sustentabilidade nos negócios e relacionamentos, a cultura do Santander é pautada por uma visão de longo prazo e compromisso com a sociedade. Veja os principais marcos de nossa jornada:

2002

Fomos pioneiros na incorporação de riscos sociais e ambientais aos negócios.

2005

Ingressamos no mercado de energia renovável e, desde então, respondemos por mais de 30% dos projetos eólicos do país.

2010

Nos tornamos carbono neutro, com a compensação integral dos escopos 1 e 2 e parcial do escopo 3.

2015

Fomos responsáveis pela emissão dos primeiros Green Bonds de empresas brasileiras no mercado Internacional

2017

Aderimos às diretrizes do TCDF (Task Force on Climate-Related Financial Disclosures).

2019

Banco líder na escrituração de CBIOs, apiando o desenvolvimento do RenovaBio Eliminação de uso do plástico em nossas operações (Desplastifique).

2020

Lançamento do Plano Amazônia.

2021

Membro-fundador das iniciativas Net Zero Banking Alliance, Banking for Impact on Climate in Agriculture e Glasgow Financial Alliance for Net Zero.

2022

Plano Santander Net Zero
  • Equity Stake (WayCarbon e Biomas)
  • Baseline de emissões financiadas no Varejo (Autos Imobiliário, agropecuária) e Atacado (Corporate)
  • Reforço das estruturas de Sustainable Finance, Nature Based Solution e Riscos
  • Liderança na discussão da cadeia de proteína animal
  • Innovative Finance for the Amazon, Cerrado and Choco (IFACC)
  • Plataforma de Inovação de Negócios da Bioeconomia
  • Elaboração e publicação do Guide for Net Zero Target Setting for Form-Based Agricultural Emissions

Riscos, oportunidades e impactos reais e potenciais

Mapeamos os riscos, as oportunidades e os impactos reais e potenciais de nossas operações no médio e longo prazo nas áreas ambiental, social e de governança. Nesse contexto, identificamos quatro principais pontos:

Mudanças climáticas

Risco físico

Associado a potenciais danos sofridos pelos clientes devido à localização de seus ativos e atividades, gerando os seguintes impactos reais e potenciais:

  • Impacto agudo - Aumento nos custos devido a danos aos ativos ou perda de valor devido a eventos climáticos extremos (furacão, inundação e outros).

  • Impacto crônico - Redução potencial nas receitas dos clientes devido aos efeitos das mudanças climáticas de longo prazo (aumento do nível do mar, mudanças nas temperaturas médias e outros).

 

Risco de transição

Associado à forma como os clientes enfrentam a transformação tecnológica, mudanças de mercado e políticas em resposta às mudanças climáticas, gerando os seguintes impactos reais e potenciais:

  • Aumento no preço do carbono, o que pode causar um aumento nos custos de operação para clientes com mais exposição.

  • Potencial mudança na demanda de produtos e serviços de nossos clientes, com impacto financeiro na empresa.

 

Oportunidades

A transição para uma economia de baixo carbono cria oportunidades comerciais para produtos verdes, financiamento sustentável, aconselhamento ao cliente e outras, com destaque para:

  • Promoção do financiamento sustentável e desenvolvimento de novos produtos para satisfazer as necessidades dos nossos clientes e atrair novos clientes.

Posicionamento do Santander como um banco sustentável e responsável.

Saúde e inclusão financeira

Uma eventual perda do poder de compra de nossos clientes pode ocasionar o risco de não pagamento de suas dívidas, gerando:

  • Perdas de crédito decorrentes do não pagamento de dívidas adquiridas.

  • Potencial perda de confiança dos clientes face à possível percepção de que o Banco está desconectado dos problemas sociais.

 

Oportunidades

As iniciativas de inclusão financeira representam uma oportunidade para estender os serviços do Banco aos grupos mais desfavorecidos, com destaque para:

  • Desenvolvimento de produtos e serviços financeiros adaptados a esses grupos e que possam ajudá-los a prosperar.

Posicionamento do Banco como entidade de confiança e com estratégia e finalidade social.

Emprego de qualidade

A falta de adaptação a novas formas de trabalho e más práticas de gestão de funcionários podem levar à perda de talentos ou diminuição no engajamento dos funcionários, gerando os seguintes impactos reais e potenciais:

  • Rentabilidade afetada pelo menor engajamento dos funcionários.

  • Necessidade de adquirir novos conhecimentos e habilidades em face das mudanças constantes nas formas de trabalhar.

  • Incerteza nos planos de sucessão e liderança devido à dificuldade em atrair e reter talentos.

 

Oportunidades

Uma equipe preparada e comprometida nos permite oferecer um melhor serviço aos clientes e impulsionar os negócios, com destaque para:

  • A melhoria do atendimento e uma maior capacidade de atração de novos clientes.

  • A diversidade de talentos bem preparados nos ajuda a ter uma maior capacidade de enfrentar os desafios futuros e obter melhores resultados.

A capilaridade do Banco permite aumentar a qualidade do emprego nas comunidades em que operamos.

Gestão responsável e desenvolvimento dos negócios

A instabilidade do mercado, o ambiente competitivo atual, o aumento das exigências regulatórias e alguns riscos, como o cibernético, podem afetar as operações e os resultados do Banco, gerando os seguintes impactos reais e potenciais:

  • Menor capacidade de gerar liquidez, capital e desenvolver nossas operações.

  • Perdas econômicas como resultado de ataques cibernéticos, fraudes etc.

  • Multas associadas a más práticas.

 

Oportunidades

A boa governança e a correta adaptação a um ambiente em mudança garantem a continuidade do negócio e a confiança de nossas partes interessadas, gerando:

  • Continuidade dos negócios e resultados sustentáveis, com solidez do nosso equilíbrio financeiro.

Percepção positiva de nossas partes interessadas e redução de potenciais riscos reputacionais.

Nossos capitais

Capital Financeiro - Reserva de capital da Organização

Compreende dinheiro, títulos, certificados e outros papéis negociáveis e rapidamente conversíveis em dinheiro.

Capital Humano - Competências, habilidades e experiência de nossas pessoas e suas motivações para inovar

Inclui o alinhamento e o apoio à estrutura de governança, ao gerenciamento de riscos e aos valores éticos e a capacidade de implementar a estratégia da Organização.

Capital intelectual - Intangíveis organizacionais baseados em conhecimento

Inclui a propriedade intelectual, como patentes, direitos autorais, software, direitos e licenças; e o “capital organizacional”, como sistemas, procedimentos e protocolos.

Capital natural - Recursos e processos ambientais

Que apoiam a prosperidade da Organização, como água, terra, biodiversidade, florestas e a qualidade do ecossistema.

Capital social e de relacionamento - Partes interessadas

Relações dentro e entre comunidades e partes interessadas (clientes, acionistas, funcionários, fornecedores e comunidades) que compartilham valores comuns.